Um blog sobre o filme SANGUE DO MEU SANGUE, de João Canijo. Consulte-o regularmente para saber novidades sobre a estreia do filme.
Sexta-feira, 6 de Abril de 2012

TRABALHO DE JOÃO CANIJO HOMENAGEADO EM BUENOS AIRES COM UMA RETROSPECTIVA INTEGRAL DOS SEUS FILMES

O BAFICI – Festival de Cinema Independente de Buenos Aires, Argentina, de que no próximo dia 11 de Abril tem início a 14ª edição, e que é um dos mais prestigiados festivais de cinema independente não apenas da América latina, vai mostrar – a acompanhar SANGUE DO MEU SANGUE - uma RETROSPECTIVA INTEGRAL DA OBRA DE JOÃO CANIJO.

Exibido na sua versão longa (190’) Sangue do Meu Sangue é o pretexto para  a exibição das seis longas metragens anteriores do realizador Três Menos Eu, Filha da Mãe, Sapatos Pretos, Ganhar a Vida, Noite Escura e Mal Nascida, bem como dos documentários Fantasia Lusitana e Trabalho de Actriz, Trabalho de Actor.

No programa do BAFICI, Quim Casas escreve sobre Sangue do Meu Sangue “o último filme de João Canijo não é apenas um enorme melodrama; é o grande melodrama moderno do nosso tempo. Excessivo, naturalmente. Trepidante no emocional. E sobretudo com um tratamento formal em que o fora de campo é lei, a mobilidade da câmara é contagiosa (e necessária) e há planos antológicos”. E em relação a Trabalho de Actriz, Trabalho de Actor, que “a anos-luz de um making of convencional o filme regista minuciosamente métodos e processos criativos para iluminar o modo como os intérpretes compreendem e constroem as suas personagens (e, ao mesmo tempo, um cineasta compreende e constrói o seu filme”.

João Canijo acompanhará a apresentação dos filmes em Buenos Aires, estando presente em 17 das 20 sessões em que eles serão projectados (entre 12 e 19 de Abril).

Entretanto o filme SANGUE DO MEU SANGUE estará também nos próximos dias, e isto só no mês de Abril, a ser apresentado no Festival de Istambul (Turquia), na presença da actriz Rita Blanco; no Festival de Linz (Áustria), na presença da actriz Anabela Moreira; em Austin, Texas (EUA), em Barcelona  e no Panamá. À lista de festivais de cinema para que o filme foi convidado veio nos últimos dias juntar-se o prestigiadíssimo Festival de Edimburgo (Grã-Bretanha). Recorde-se que em Junho será a vez de La Rochelle (França) mostrar Sangue do Meu Sangue e as três longas anteriores do realizador (Ganhar a Vida, Noite Escura e Mal Nascida), retrospectiva que em Outubro passará por Espanha (A Coruña, Santiago de Compostela e outras cidades).

publicado por Midas Filmes às 21:56

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011

MAIS DE 9 MIL PESSOAS JÁ VIRAM SANGUE DO MEU SANGUE

Sangue do meu Sangue de João Canijo foi já visto por mais de nove mil pessoas ao fim de doze dias nos cinemas.

Em exibição em 14 cinemas de todo o país, o filme teve 7.957 espectadores, a que se somam os espectadores que viram o filme nas diversas sessões de antestreia.

Aclamado pela generalidade da crítica – que em muitos casos o classificou com 5 estrelas – o filme suscitou também os maiores elogios nos principais blogs nacionais.

Continuando em exibição em Lisboa, Porto, Gaia, Alfragide, Almada, Aveiro, Braga, Cascais, Coimbra, Oeiras, Vila Real e Viseu,

o filme estreia esta semana na Beloura, e foi também já visto em sessões especiais em Castelo Branco e Ponta Delgada.

 

Para além destas cidades, o filme vai estrear em

Abrantes (19.10)

Vila do Conde 06.11)

Faro e Grândola (07.11)

Tavira (17.11)

Guimarães (22.11)

Seixal e Santarém (30.11)

continuando assim a sua circulação por todo o país.

 

No final deste mês, Sangue do meu Sangue será também exibido nos Açores no âmbito dos Azores Film Festival.

publicado por Midas Filmes às 22:07

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 13 de Outubro de 2011

MAIS DE 6.500 PESSOAS VIRAM SANGUE DO MEU SANGUE NA PRIMEIRA SEMANA DE ESTREIA



Sangue do meu Sangue
 de João Canijo foi já visto por mais de seis mil e quinhentos espectadores na primeira semana de estreia.

Em exibição em 15 cinemas de todo o país, o filme teve 5.419 espectadores, a que se somam os espectadores que viram o filme nas diversas sessões de antestreia.

Aclamado pela generalidade da crítica – que em muitos casos o classificou com 5 estrelas – o filme suscitou também os maiores elogios nos principais blogs nacionais.

 

Continuando em exibição em LisboaPortoGaiaAlmadaAveiroBragaCascaisCoimbraOeirasVila Real e Viseu,

o filme foi também já visto em sessões especiais em Castelo Branco e Ponta Delgada.

Para além destas cidades, o filme vai estrear em

Abrantes (19.10)

Vila do Conde 06.11)

Faro e Grândola (07.11)

Tavira (17.11)

Guimarães (22.11)

Seixal e Santarém (30.11)

continuando assim a sua circulação por todo o país.

No final deste mês, Sangue do meu Sangue será também exibido nos Açores no âmbito dos Azores Film Festival.

 

Grande filme português? Sim, sem dúvida. Grande filme. Ponto.”, escreve João Lopes, no Diário de Notícias. Também Jorge Mourinha no Público considera o filme um dos grandes filmes portugueses “(mas não só) do último quarto de século, uma obra-prima para as calendas”. Eurico de Barros destaca o “realismo, homogeneidade dramática, verdade humana e de sentimentos, dimensão trágica nunca vista no cinema português”. “Apogeu de tudo o que o realizador tem feito”, escreve Sérgio Abranches na Time Out, enquanto o Catarina Nunes, no I, destaca a interpretação de Rita Blanco: “mais perfeita seria difícil”. Augusto M.Seabra destaca também o “grande trabalho de actores” assim como Jorge Leitão Ramos no Expresso :“talento a derramar-se num filme inesquecível”.

 

Também nos blogs, o filme é destacado. Irene Flunser Pimentel escreve no Jugular: “Maravilhada, foi como saí da sala de cinema. Finalmente, vemos um almoço com salada de alface, tomate, e cebola e carapaus, porque as sardinhas… Há muito não me tinha emocionado tanto.”. Miguel Domingues em In a Lonely Place diz que Sangue do meu Sangue “é uma obra monstruosa, que merece que o Portugal contemporâneo veja e nele se reveja. Muito do que somos hoje está aqui contido dentro”. Francisco Valente em Da Casa Amarela destaca as interpretações dos actores: “Rita Blanco é a força à volta da qual gravita a família de actores - e pólo central de um filme que vive, antes de mais, na luta de uma mãe pela dignidade da vida da sua filha -, Anabela Moreira ultrapassa, de novo, os limites que julgamos possíveis de uma interpretação despojada e uma entrega total ao filme”. No Menencório destaca-se também a interpretação de Blanco:  "de mãe-clitemnestra do filme anterior a mãe-sacrificial deste, numa interpretação daquelas que fariam história noutro país, prova que também temos direito à nossa Anna Magnani. Para usar a língua de pau dos críticos, é um dos «filmes do ano», aqui e em qualquer lugar do mundo".

publicado por Midas Filmes às 22:37

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 11 de Outubro de 2011

MAIS DE 5 MIL ESPECTADORES VIRAM SANGUE DO MEU SANGUE NO PRIMEIRO FIM-DE-SEMANA DE ESTREIA



Sangue do meu Sangue
 de João Canijo foi já visto por mais de 5 mil espectadores no primeiro fim-de-semana de estreia.
Em exibição em 15 cinemas de todo o país, o filme teve  este fim-de-semana 3.916 espectadores, a que se somam os espectadores que viram o filme nas diversas sessões de antestreia.

Aclamado pela generalidade da crítica – que em muitos casos o classificou com 5 estrelas – o filme suscitou também os maiores elogios nos principais blogs nacionais.
Entretanto, Trabalho de Actriz, Trabalho de Actor, o documentário que retrata o processo criativo do filme, foi lançado em DVD e também exibido na passada quinta-feira na RTP2, a partir das 23H45, e apesar da hora avançada, foi visto por 64.300 pessoas.

Grande filme português? Sim, sem dúvida. Grande filme. Ponto.”, escreve João Lopes, no Diário de Notícias. Também Jorge Mourinha no Público considera o filme um dos grandes filmes portugueses “(mas não só) do último quarto de século, uma obra-prima para as calendas”. Eurico de Barros destaca o “realismo, homogeneidade dramática, verdade humana e de sentimentos, dimensão trágica nunca vista no cinema português”. “Apogeu de tudo o que o realizador tem feito”, escreve Sérgio Abranches na Time Out, enquanto o Catarina Nunes, no I, destaca a interpretação de Rita Blanco: “mais perfeita seria difícil”. Augusto M.Seabra destaca também o “grande trabalho de actores” assim como Jorge Leitão Ramos no Expresso :“talento a derramar-se num filme inesquecível”.

Também nos blogs, o filme é destacado. Irene Flunser Pimentel escreve no Jugular: “Magnífico filme. Trata-se de uma obra-prima. Não tenho dúvida que vai ficar na história do cinema, e não só do cinema português”. Miguel Domingues em In a Lonely Place diz que Sangue do meu Sangue “é uma obra monstruosa, que merece que o Portugal contemporâneo veja e nele se reveja. Muito do que somos hoje está aqui contido dentro”. Francisco Valente em Da Casa Amarela destaca as interpretações dos actores: “Rita Blanco é a força à volta da qual gravita a família de actores - e pólo central de um filme que vive, antes de mais, na luta de uma mãe pela dignidade da vida da sua filha -, Anabela Moreira ultrapassa, de novo, os limites que julgamos possíveis de uma interpretação despojada e uma entrega total ao filme”. No Menencório destaca-se também a interpretação de Blanco:  "de mãe-clitemnestra do filme anterior a mãe-sacrificial deste, numa interpretação daquelas que fariam história noutro país, prova que também temos direito à nossa Anna Magnani. Para usar a língua de pau dos críticos, é um dos «filmes do ano», aqui e em qualquer lugar do mundo".

O filme está em exibição em Lisboa, Porto, Gaia, Alfragide, Almada, Aveiro, Braga, Cascais, Coimbra, Oeiras, Leiria, Vila Real e Viseu. A versão longa do filme está em exibição em exclusivo no Cinema City Classic Alvalade em Lisboa (circulando mais tarde por todo o país em sessões especiais, de cineclubes e associações culturais).

publicado por Midas Filmes às 18:45

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Setembro de 2011

SANGUE DO MEU SANGUE EM ESTREIA EUROPEIA EM SAN SEBASTIAN - FESTIVAL COMEÇA JÁ AMANHÃ

 

É já amanhã, 16 de Setembro, que começa mais uma edição do Festival de San Sebastian (um dos  mais importante festivais de cinema europeus e um dos muito poucos festivais de classe A do mundo) e onde SANGUE DO MEU SANGUE de João Canijo estará em Competição pela Concha de Ouro, sendo exibido na quarta-feira, 21, na presença do realizador e das actrizes Rita Blanco, Anabela Moreira e Cleia Almeida.

 

SANGUE DO MEU SANGUE foi já apresentado no Festival de Toronto, o mais importante festival de cinema da rentrée no continente americano, onde nas duas sessões oficiais foi visto por mais de mil pessoas e onde terá ainda no próximo sábado uma última sessão.

Na sequência da sua exibição no Festival de Toronto, SANGUE DO MEU SANGUE foi imediatamente convidado para a Competição do Festival de Cinema de Miami, um festival que dá particular destaque ao cinema ibero-americano e para uma secção competitiva muito exclusiva, onde serão exibidos apenas uma dezena de filmes

Diana Sanchez, programadora do Festival de Toronto escreveu no programa oficial que o filme é “magnificamente interpretado e realizado”, considerando-o “uma obra-prima que fala profundamente do amor incondicional”.

 

No início de Outubro, o filme continuará o seu percurso internacional, chegando à Coreia, onde no Festival de Busan, um dos mais importantes do Extremo Oriente, será exibido na secção World Cinema, onde se apresentarão também os três filmes anteriores do realizador no âmbito de um Programa Portugal onde a obra de João Canijo será o grande acontecimento. João Canijo e a actriz Rita Blanco estarão também presentes no festival.

E logo a seguir a Busan o filme estará ainda no Festival de Cinema do Rio de Janeiro, no Brasil, onde em breve terá lugar uma retrospectiva de toda a sua obra.

 

O filme estreia em Portugal a 5 de Outubro, em 15 cinemas de todo o país, estreia a que se juntará a edição em DVD do documentário TRABALHO DE ACTRIZ, TRABALHO DE ACTOR, um documentário sobre o processo criativo que originou este filme, que será também exibido pela RTP2 no dia 6 de Outubro.

publicado por Midas Filmes às 19:45

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Julho de 2011

SANGUE DO MEU SANGUE NA COMPETIÇÃO DO FESTIVAL DE SAN SEBASTIAN



O novo filme de João Canijo terá estreia mundial na Competição do Festival de San Sebastian, a que se seguirão os festivais de Toronto, Rio de Janeiro e Busan. Estreia Nacional a 6 de Outubro, em 15 cinemas.


Sinopse + Ficha Técnica + Nota de Intenções + Excertos + Fotografias aqui


SANGUE DO MEU SANGUE, o novo filme de João Canijo, vai ter a sua estreia mundial em quatro dos mais importantes festivais de cinema do mundo, no curto espaço de um mês – entre 6 de Setembro e 18 de Outubro -, estreando entretanto em Portugal (a 6 de Outubro) em 15 cinemas de todo o país. 

Começando por ser apresentado na Competição do Festival de San Sebastian (festival competitivo de classe A), onde Canijo estará ao lado de realizadores como o britânico Terence Davies, o japonês Hirokazu Kore-Eda, o mexicano Arturo Ripstein, o chinês Wang Xiaoshuai, a canadiana Sarah Polley ou a francesa Julie Delpy, o filme irá depois ao Festival de Toronto (o maior e mais importante da América do Norte), e logo de seguida ao Festival do Rio de Janeiro (grande festival urbano do Brasil e ponte para toda a América do Sul), e ainda o Festival de Busan, na Coreia ( o de maior dimensão e impacto no Extremo Oriente, onde para além deste filme serão exibidos os seus três filmes anteriores, no âmbito de um Programa de cinema português com oito filmes e onde a obra de João Canijo será a grande presença). Outros grandes festivais se seguirão.

Aquele que é um dos mais notáveis cineastas da sua geração, confirmado pelo amplo eco de público e de crítica, nacional e internacional, que a sua obra tem tido na última década, vai assim finalmente apresentar uma produção que resulta de mais de três anos de trabalho, em que se envolveram uma dúzia dos mais talentosos actores portugueses de várias gerações. Rita Blanco, Anabela Moreira, Cleia Almeida, Rafael Morais, Marcello Urgeghe, Beatriz Batarda, Nuno Lopes, Fernando Luís, Teresa Madruga e Teresa Tavares, dão corpo a uma história de amor incondicional, de sacrifício e redenção, em personagens absolutamente inesquecíveis. Num trabalho de muitos meses com o realizador, eles criaram as personagens, trabalharam as suas histórias, as cenas e os diálogos, num longo processo de escrita e re-escrita, de ensaios sucessivos, até uma longa rodagem que teve lugar no verão do ano passado. O resultado desse trabalho (retratado no documentário “Trabalho de Actriz, Trabalho de Actor”, que estreou no festival Indie Lisboa em Abril passado e que será editado em DVD no mesmo dia 6 de Outubro), é um filme de um fôlego extraordinário, que terá duas versões que estrearão nos cinemas (a mais longa com 190 minutos), e uma versão de 3 episódios de 50 minutos para televisão. 

Produzido pela Midas Filmes, com o apoio financeiro do ICA - Instituto do Cinema e Audiovisual, o filme teve também o apoio importantíssimo da Câmara Municipal de Lisboa, mas aguarda há dois anos um investimento por parte do FICA (Fundo de Investimento para o Cinema Audiovisual) e a participação da RTP na aquisição da versão de 3 episódios para televisão, de forma a conseguir finalmente fechar uma montagem financeira que está - apesar de o filme estar terminado a tempo de ser apresentado nestes festivais - ainda gravemente negativa. O cinema português vive hoje uma situação de catástrofe (e o seu Instituto mal sobrevive, em permanente ruptura financeira), fruto da política desastrosa dos responsáveis da Cultura ao longo dos últimos seis anos, mas continua a ter um notável reconhecimento internacional e nacional, como mostra o acolhimento que alguns dos mais importantes festivais de cinema do mundo estão a dar a este novo filme de João Canijo. 

publicado por Midas Filmes às 19:20

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Abril de 2011

NOVO DOCUMENTÁRIO DE JOÃO CANIJO NO INDIELISBOA

Trabalho de Actriz, Trabalho de Actor, o novo documentário de João Canijo, produzido pela Midas Filmes, terá a sua estreia absoluta no IndieLisboa’11 (na secção Director’s Cut) depois de o trabalho anterior do realizador ter sido filme de abertura do festival do ano passado.

Entre Setembro de 2008 e Abril de 2010, os actores da próxima longa-metragem de João Canijo, Sangue do Meu Sangue, trabalharam com o realizador na criação dos personagens e do argumento desse filme, que viria a ser rodado no Verão de 2010. Esse processo de mais de 20 semanas de trabalho, de criação, discussão, escrita e reescrita, e ensaios sucessivos, foi sendo registado e, depois de servir como instrumento de trabalho para esse filme, constitui também o esqueleto deste documentário: Trabalho de Actriz, Trabalho de Actor. Ao longo de hora e meia, vemos o essencial desse processo tal como trabalhado por alguns dos mais notáveis actores portugueses - Rita Blanco, Anabela Moreira, Beatriz Batarda, Vera Barreto, Cleia Almeida, Nuno Lopes e Marcello Urgeghe – sob a direcção de João Canijo.

A Midas apresenta também em antestreia no festival o filme Swans, a segunda longa-metragem de Hugo Vieira da Silva, que depois do premiado Body Rice, teve estreia mundial no Festival de Berlim, onde recebeu as melhores críticas internacionais. História de um pai e um filho que viajam para Berlim, para visitar a mãe do rapaz que está em coma e que ele nunca conheceu, o filme está inserido na Competição Nacional.

publicado por Midas Filmes às 19:13

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Março de 2011

SANGUE DO MEU SANGUE EM PÓS-PRODUÇÃO



Sangue do meu Sangue
, o novo filme de João Canijo encontra-se já em trabalhos finais de pós-produção.
Sétima longa-metragem na carreira do realizador, este filme sucede a Mal Nascida, presente na Selecção Oficial do Festival de Veneza 2007, e a Noite Escura Ganhar a Vida, ambos apresentados na Selecção Oficial, Un Certain Regard, do Festival de Cannes, em 2004 e 2000.

Sangue do Meu Sangue conta com as interpretações de Rita Blanco, Anabela Moreira, Cleia Almeida, Marcello Urgeghe, Beatriz Batarda, Rafael Morais, Nuno Lopes, Fernando Luís e Teresa Madruga. É uma produção da Midas Filmes, com o apoio financeiro do ICA e da RTP e o apoio especial da CML – Câmara Municipal de Lisboa.

Consulte mais informações sobre o filme aqui e a biofilmografia do realizador aqui

publicado por Midas Filmes às 19:12

link do post | comentar | favorito

_______________________________________________________________

Midas Filmes - Cinema DVD TV

Rua do Loreto, 13, sobre/loja 1200-241 Lisboa Portugal

Tel / Fax: 351 21 347 90 88

www.midas-filmes.pt

»pesquisar

 

»ficha

»Março 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

»posts recentes

» TRABALHO DE JOÃO CANIJO H...

» MAIS DE 9 MIL PESSOAS JÁ...

» MAIS DE 6.500 PESSOAS VIR...

» MAIS DE 5 MIL ESPECTADORE...

» SANGUE DO MEU SANGUE EM ...

» SANGUE DO MEU SANGUE NA C...

»arquivos

» Março 2013

» Novembro 2012

» Outubro 2012

» Abril 2012

» Março 2012

» Fevereiro 2012

» Janeiro 2012

» Dezembro 2011

» Novembro 2011

» Outubro 2011

» Setembro 2011

» Julho 2011

» Abril 2011

» Março 2011

» Agosto 2010

» Junho 2010

» Maio 2010

»tags

» anabela moreira

» bafici

» beatriz batarda

» brno

» caminhos do cinema português

» centro das artes da imaxe

» cleia almeida

» documentário

» du film de pau

» estreia

» fernando luís e teresa madruga

» festival

» festival cinema mundi

» festival cineuropa

» festival de busan

» festival de miami

» festival de san sebastian

» festival de toronto

» festival do rio de janeiro

» grande prémio do festival

» grande prémio do júri do festival de cin

» indielisboa

» indiewire

» ípsilon

» itália

» joão canijo

» jornal

» la stampa

» madrid

» marcello urgeghe

» melhor filme

» midas filmes

» montagem

» nuno lopes

» oscar

» pierre collier

» prémio autor

» prémio da crítica internacional

» prémio melhor actriz

» prémio melhor argumento original

» prémio melhor realizador

» prémio tve

» rafael morais

» rita blanco

» rodagem

» san sebastian

» sangue do meu sangue

» santiago de compostela

» trabalho de actor

» trabalho de actriz

» vera barreto

» todas as tags

»subscrever feeds